segunda-feira, 3 de junho de 2013

Um herói da educação



Vamos ler! Ler é legal! Espalhem livros por aí! Livros difundem ideias! Educação é fundamental! Cultura é importante! Quanto maior a bagagem intelectual, maior é o seu mundo!
Mas, esquecemos que nem todos sabem ler. Isso mesmo, o  Brasil ainda é um país com analfabetos, pessoas que por mil motivos, inclusive miséria, não tiveram oportunidade de frequentar uma escola e quando tiveram, em geral, não eram escolas minimamente equipadas. Quem nunca viu reportagens com escolas sem cadeiras e mesas, sem sequer um livro e algumas até mesmo sem paredes. Os professores nesses locais são e sempre serão uns heróis!

Paulo Freire

Conhecer as letras não é ler. Assinar somente o nome não é saber escrever. O Brasil tem o maior herói em educação do último século: Paulo Freire. O educador que se preocupou em ensinar a ler e  pensar  aos desassistidos, que acreditava que ler é um bem maior. Este ano o método Paulo Freire para Adultos e Jovens faz 50 anos, foi em Angicos (RN)  em 1963 que ele aplicou seu método pela primeira vez alfabetizando 300 adultos.
Paulo Freire sempre considerou a escola muito mais que as quatro paredes da sala de aula, assim desenvolveu um método de alfabetização baseado na expeiência de vida das pessoas, trabalhava com palavras conhecidas de quem se alfabetizava, de que adianta falar de uva quando no norte ou nordeste não tinha uva, vamos falar de carambola, ora bolas! Ou de mandacaru no sul, onde predomina os extensos campos. A partir das palavras conhecidas se ampliava o vocabulário e se seguia adiante. Tão revolucionário é o método que ele foi preso e exilado durante a ditadura militar! Bem, o mundo não era tão idiota assim. Ele espalhou seu método por todo mundo, inclusive  trabalhando com a ONU na África e por isso recebendo inúmeras homenagens e prêmios. Hoje ele é o patrono da Educação no Brasil.
Tenho a maior admiração por esse professor, por que ele realmente era um educador. Quando olho os livros didáticos de minha neta, sempre penso nele. Livros escritos no sudeste, com exemplos urbanos e que considera que todos nesse imenso país têm a mesma experiência de vida. Sempre brinco que gostaria muito de ver como um aluno que mora na beira do rio Amazonas lê um capítulo de como atravessar a rua somente na faixa e se comportar no trânsito. Lá a rua é o rio e as travessas são os igapós!
Ler mais é fundamental para educação, mas dar oportunidade aos que não sabem ler ainda é uma preocupação  mesmo em grandes centros urbanos que sofrem com a evasão escolar. Existem vários programas de alfabetização de adultos e  jovens em escolas públicas, igrejas e associações de moradores se você conhecer alguém de poucas letras o incentive a procurar esses locais, vai valer a pena!
Esse post foi descaradamente inspirado no post da Calu do blog Fractais da Calu, obrigada!
“Se a educação sozinha não pode transformar a sociedade, tampouco sem ela a sociedade muda.”  Paulo Freire

Nosso herói!

SOBRE
Paulo Reglus Neves Freire (1921-1997) - foi um educador e filósofo pernambucano. É considerado um dos pensadores mais notáveis na história da Pedagogia mundial, tendo influenciado o movimento chamado pedagogia crítica. Paulo Freire é o Patrono da Educação Brasileira.


9 comentários:

Neanderthal disse...

Oi Jussara. Assim que me reunir com as meninas, vamos confirmar o recebimento do seu email. E Obrigada por participar! Se possível, ajude com a divulgação aqui ou no seu Fb, porque tenho certeza que seus leitores são também bons escritores. E escrever, também é um exercício literário, né!
No mais, tenho pedagogia da autonomia e do oprimido aqui em casa. Adorei!

Calu disse...

Jussara,
que alegria tê-la na mesma canoa(rs)descendo os rios da Educação brasileira, tão ricos de afluentes e ao mesmo tempo tão cheios de braços desconhecidos e esquecidos por esta terra vasta.
Considero o prof. Paulo Freire um ícone da educação brasileira que merece ser mais conhecido, mais seguido e celebrado.

Teu post acrescentou informações importantes ao tema.Obrigada pelo apoio e pelo link.
Boa semana,
Bjos,
Calu

Lúcia Soares disse...

Adorei o post, vou ler o da Calu, a seguir.
Jussara, sou fã do Paulo Freire e essa loucura que é o Brasil, ao que parece, sempre foi assim, desvalorizando nossa gente.
Gente de valor, de visão, de decisão, passa desapercebida pela grande maioria.
Mas que cada um façamos a nossa parte, mesmo que seja apenas no núcleo familiar. Aqui em casa, graças a Deus, os 3 filhos me seguiram e seus filhos já são apaixonados por livros. Um pouquinho que seja, que façamos, é melhor do que nada.
Beijo!

Beth/Lilás disse...

Valeu a pena seguir 'descaradamente' o post da Calu, pois este homem, ícone da educação brasileira, deveria ser lembrado por todos, quem sabe a sugestão dela em ter um dia especial para comemorarmos sua memória.
Via Paulo Freire para sempre, que seu espírito se perpetue nos educadores do nosso tão necessitado país!
Lindo post amiga Jussara!
beijos, muitos, cariocas



Roselia Bezerra disse...

Olá, querida
O que é bom é pra ser, descaradamente, copiado mesmo... desde que vc faça assim tão honrosamente como fez...
Muito bom e vindo de vc não poderia ser diferente!!!
Bjm de paz e bem

Eliana Lee disse...

Maravilha de texto, Paulo Freire era sensacional. Mas, como você bem disse, ainda nos falta tanto! Estou esperançosa ao ver que o mercado editorial no Brasil está crescendo e as pessoas estão lendo mais. Ainda assim, há tanta gente ainda que não é "letrada". Que até sabe ler, mas não possui letramento, não sabe fazer interpretações ou referências, tão essenciais na literatura!

Regina Rozenbaum disse...

Nem tendo um herói como esse o Brasil sai da, vergonhosa, posição que ocupa em analfabetismo.Região nordeste comparável ao Irã...onde as mulheres são proibidas de estudar! Quanto mesmo investimos em educação??? Quanto mesmo é o salário de um professor??? Povo educado, letrado, é povo consciente, evoluído...e há interesse nisso por parte de nosso governo?!
Vou te contar Ju...ô assunto, que me deixa indignada...tanto qto saúde, segurança,saneamento etc e tal.
Beijuuss

Teresinha disse...

Olá Jussara,
Belíssima postagem sobre esse veio da educação.
Paulo Freire, esse homem notável e filósofo da educação brasileira é de suma importância para os seus seguidores. Que os professores sejam sempre influenciados por este que foi tão importante para a nossa educação.
Beijos mil

Anônimo disse...

o brasil é um pais de burros vcs tão comemorando o que?