terça-feira, 18 de junho de 2013

Porque o momento pede

O Que Será (A Flor da Terra)
Chico Buarque

Foto de Jaisson  Souza





O que será que será

São Paulo - 2013

Que andam suspirando
Pelas alcovas?
Que andam sussurrando
Em versos e trovas?
Que andam combinando
No breu das tocas?
Que anda nas cabeças,
Anda nas bocas?
Que andam acendendo
Velas nos becos?
Estão falando alto
Pelos botecos

E gritam nos mercados
Que com certeza
Está na natureza
Será, que será?
O que não tem certeza
Nem nunca terá!

 

Belo Horizonte - 2013

O que não tem conserto
Nem nunca terá!
O que não tem tamanho...

O que será que Será?
Que vive nas idéias
Desses amantes
Que cantam os poetas
Mais delirantes
Que juram os profetas
Embriagados
Está na romaria
Dos mutilados
Está nas fantasias
Porto Alegre - 2013
Dos infelizes
Está no dia a dia
Das meretrizes

No plano dos bandidos

Dos desvalidos
Em todos os sentidos
Será? Que será?

O que não tem decência
Nem nunca terá!
O que não tem censura
Nem nunca terá!

Rio de Janeiro - 2013

O que não faz sentido...

O que será? Que será?
Que todos os avisos
Não vão evitar
Porque todos os risos
Vão desafiar
Porque todos os sinos
Irão repicar
Porque todos os hinos
Irão consagrar
E todos os meninos
Vão desembestar
E todos os destinos
Irão se encontrar
E mesmo padre eterno
Que nunca foi lá
Olhando aquele inferno
O povo
Vai abençoar!
O que não tem governo
Nem nunca terá!
O que não tem vergonha
Nem nunca terá!
O que não tem juízo...

Para ouvir:

SOBRE O AUTOR
Francisco Buarque de Hollanda (1944 - )  - músico, dramaturgo e escritor brasileiro. É  um dos maiores nomes da MPB. Sua discografia conta com aproximadamente oitenta discos . O que será é uma canção de 1976.


14 comentários:

Lúcia Soares disse...

O que será, que será, Jussara?
Tomara que dê certo.
Você,que é historiadora, sabe bem o quanto esse Brasil é pouco corajoso!
Tenho fé e esperança.
Vamos à luta, pelo menos para deixar uma boa vida para os netos.
Ainda é preciso muita gente mais nas ruas, uma mobilização mais efetiva, um cerco mais apertado, enfim, brava gente brasileira, acorde!
Beijo!

Pandora disse...

Essa música é de arrepiar e colocar uma lágrima no olhos. Essa coisa que está ai no coração do povo de vez em quando muda o mundo... É a nossa primavera chegando... Será???

Tuca disse...

Jussara, é o Brasil acordando, eu espero e confio. Agora que o povo descobriu que sua voz tem força e eco, vai ser difícil calar. O circo do futebol acabou. Vamos torcer.Bjs.
Tuca.

Calu disse...

Perfeita conjugação, Jussara, a música de Chico que ecoa nestes momentos de engajamento político e as cenas que tomaram as ruas do país...o povo retomou seu lugar para reivindicar seus direitos desrespeitados.

Avante povo brasileiro, mudanças benéficas são possíveis a partir da tua voz.
Bjo,
Calu

JuGalante disse...

O que será que estarei "oferecendo" para os filhos que quero ter... É a pergunta e a motivação dos últimos dias...
Beijos querida

JAN disse...

O que será que será, né Jussara?
eu tõ gostando da leitura, mas... o quem escreverá o final dessa história?

Abração
Jan

JAN disse...

O que será que será, né Jussara?
eu tõ gostando da leitura, mas... o quem escreverá o final dessa história?

Abração
Jan

Lin Sousa disse...

olá, além de agradecer por sua presença em meu blog tb quero dizer que ele me possibilita conhecer pessoas PLINs como vc e todas que conheci até hoje ..e parabéns pelo post .. mas o que será?? bjks LIN

Luma Rosa disse...

Oi, Jussara!!
Essa música serviu de pano de fundo para uma época e, observando as pessoas e os fatos, parece que tudo é mesmo cíclico! Acho muito bacana os pais que viveram os protestos das diretas, estarem observando seus filhos agora, assim como esses pais já foram observamos por aqueles que participaram da "Marcha pela família".
O que será que a Dilma está pensando agora? Pelos seus pronunciamentos, acho que ela teve um "branco".
Bom fim de semana!!
Beijus,

Daniele disse...

Chico Buarque é maravilhoso e atemporal!
Parabéns pelo bog, estou aamando,
bjos

ONG ALERTA disse...

Acreditar que se pode fazer diferente....
Beijo Lisette.

Evanir disse...

A vida é assim, um ciclo,
uma viagem de trem e um incessante encontro e desencontro.
Quem sabe seja por isso que ela é
tão delicada e misteriosamente única e bela.
Estou feliz por Deus me permitir
estar visitando seu blog nessa viagem linda ,
onde conheço tantos amigos e (as)entro em suas casas virtual
e sou recebida com tanto carinho.
Uma feliz semana minha doce e linda amizade.
Beijos com todo carinho,,Evanir..
Sua Amizade pra mim é tudo..
Por isso sempre que puder estarei aqui no seu blog.

Regina Rozenbaum disse...

Bem lembrado Ju. Essa música é mesmo um hino. Que tenhamos o verde aceso dentro de nós para que tudo isso não termine somente como "um momento histórico".
Beijuuss

Neanderthal disse...

Adoro essa música!
Adoro chico Buarque!
Muito inspirador!
Beijos