sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Livros tem pernas? Tem!



Oi,
Não fui esquecido aqui.
Fui deixado especialmente para você me achar!
Isso mesmo, ele é para você!
Espero que goste de mim.
Ao acabar de me ler, me deixe ir.
Qualquer lugar serve.
Ass.
Livro andante

O caçador de Almas, Alex Kava


Gostaram do bilhetinho acima? Ele está coladinho na primeira página d’O Caçador de Almas, pois ele é partir de hoje um livro com pernas. Eu gosto muito de livro de mistério e investigação, me descansa e ao mesmo tempo me faz usar a cabeça (contraditório?). Maggie O’Dell é uma agente do FBI, especialista em traçar perfis de psicopata, mas não é uma heroína.  Ela tem problemas com ex-marido, com colegas de trabalho, com a mãe, bebe quando está brava seja café ou uísque e chora, ou seja gente como a gente com uma profissão difícil, é essa personagem humana que faz os livros de sua série serem sucesso. Em O Caçador de Almas, a paciência de Maggie é testada até o limite, a trama envolve amigos, ex-colegas, políticos e sua família, é sensacional. Espero que quem o encontre também se apaixone.
Sempre escolho livros de fácil leitura para participar do Book Crossing Blogueiro, não sei quem pode encontrá-los e  pode ser alguém que não esteja habituado a leitura ou não esteja disposto a encarar livros com temáticas pesadas.  Se quiser conhecer os outros em que coloquei pernas para andar veja aqui e aqui.  Conheci o Book Crossing Blogueiro através da Luma, vai lá! Tem um painel com livros viajantes e com quem os pôs a viajar, talvez você encontre alguns deles, depois que li a lista bem queria tropeçar em alguns, rs
Quer participar? Ainda dá tempo, aliás sempre é tempo, essa campanha vai até o dia 16/11. É bem fácil: separe um bom livro e o esqueçam em algum lugar público. Ônibus, metrô, banco de praça, qualquer lugar vale. Dentro do livro deve conter um bilhete informando que aquele livro foi esquecido naquele lugar justamente para que alguém o encontrasse, lesse. A única regra: passar o livro adiante, ou seja, após lê-lo fazer o mesmo, esquecê-lo em um lugar público e assim dar a oportunidade de que outra pessoa leia. Coloquei as regras em um papel dentro do livro e deixe-o na Academia onde faço hidroginástica, mens sana in corpore sano!
Como sou metida e são vários dias estou pondo também o Sentindo na própria pele de Mônica Castro, é um livro psicografado. Não gosto da temática e recebi o exemplar como um prêmio, ora não vou ler, porque ficar tomando poeira na minha estante, já pra rua!
Sentir prazer na leitura de um romance é desfrutar o ato de pôr de lado as palavras e transformá-las em imagens mentais. Orhan Pamuk
SOBRE A AUTORA
Alex Kava (pseudônimo de Sharon M. Kava), escritora americana de livros de mistério e suspense de grande sucesso, publicou O Caçador de Almas em 2002, no Brasil pela Editora Harlequim Books.

25 comentários:

✿ chica disse...

Fazer andar livros é muito legal. Sempre haverá quem leia! Muito bom!

beijos,ótimo fds!chica

Calu disse...

Oi Ju,
já estou selecionando o meu exemplar andante.Participei ano passado e adorei.Conheço desde o tempo da ativa, a satisfação que nos toma em espalharmos cultura;sermos facilitadores do conhecimento/entretenimento para alguém.
Farei um bilhetinho bonitinho como o teu.Depois te conto.
Bjos,
Calu

Bia Jubiart disse...

kkkkkkk "Já pra rua" foi ótimo! Já o meu a temática é espiritual (gosto muito!). Bem, agora já sei que este tipo de literatura nem pensar p/ Ju, rssrsrrs, adoro também livros estilo documentários e biografias (apesar de terem umas péssimas no mundo editorial).

Bella, tenha um excelente fim de semana!

Beijãoooooooo

Juliana disse...

eu queria achar esse livro, hein? =)

Pandora disse...

Ah, eu gostei do perfil da Maggie O’Dell, acho que até eu gostaria de achar esse livro!!!

Luma Rosa disse...

Oi, Jussara!!
Eu li sua postagem para adicionar os livros mas só agora estou retornando para comentar. Assisti um documentário brasileiro sobre fotógrafos com o mesmo título do primeiro livro que libertou.
Também prefiro libertar livros de leitura fácil, pois estamos em um país em que as pessoas não possuem o hábito da leitura. Obrigada por participar mais uma vez!! Beijus,

Tati disse...

Acho essa ideia fantástica! Aqui tem uma sorveteria com um estande em que as pessoas deixam livros, outras vem e pegam, e assim sucessivamente. Eu confesso que tenho alguma dificuldade pra me desapegar dos livros, mas vou tentando kkkk
Beijos
Tati

Tânia Defensora disse...

Olá Jussara!
Obrigada pela visita!
Não conhecia a autora, vou procurar por ela na próxima ida a livraria.
Abs e obrigada pela dica.

Old Eagle disse...

Gostei da forma como você "fala" com seus livros! Enquanto você deu pernas ao seu, dei asas ao meu ex-livro. Obrigado pelo comentário no meu blog. bjs

Casa das Bonecas de Pano de Ipiabas disse...

Bom dia vi seu recadinho na Bia, e vim te conhecer adorei o livro tem pernas amei, lindo domingo bjs da Leila

Carlos Medeiros disse...

Penso em fazer isso, mas primeiro preciso aumentar meu acervo. A maioria do que li vem de biblioteca. Bom domingo.

Teresinha Ferreira disse...

Olá Jussara,
Achei o máximo dar carta de alforria para meus livros.
Belíssima participação.
Beijos mil

Regina Rozenbaum disse...

Bem pensado a sua "lógica libertadora" de livros!
Beijuuss Ju

Luzia Henrique disse...

Nunca encontrei um livro andante, que fosse destinado a isso, embora já tenha encontrado livros e também "esquecido" alguns.

Mas, tive uma ideia a parte para este projeto. Me passou pela cabeça que seria interessante colocar (para quem tiver) o seu endereço eletrôncio: site ou blog, para quem achasse pudesse entrar em contato e dizer alguns palavras ou impressões que teve sobre o livro.

Abraços,

Zeca disse...

Bom dia, Jussara!

Obrigado pela visita e parabéns pelo blog, que já bisbilhotei e adorei! Gostei demais do texto "Girinos no quintal"! Me identifiquei muito com todo o texto e gostaria de contar algo a meu respeito com tanto humor e tanta graça.
Não conheço o seu livro andante, nem a autora, por isso gostaria muito de ter sido o felizardo a encontrá-lo. Já que não fui, vou procurar um por aí, já que o gênero me é bastante simpático também.
Vou linká-la em meu blog para visitá-la com mais frequência.

Um abraço.

Anny disse...

Jussara:
Sabe que este negócio de ganhar livro que não vou ler, acontece comigo.
Mas, o jeito que escreveu para torná-lo um livro com pernas, foi ótimo.
Gostei muito do seu teto. Fiquei com vontade de ler o livro que vc libertou.

Bom sábado!
Bom fim de semana.

Anny

Clara disse...

Ainda não consegui me disfazer de meus tesouros... sou muito apegada a eles.
Quem sabe um dia... já me sugeriram comprar um e deixá-lo em algum lugar. Pode ser.. mas mesmo assim, não estou preparada pra isso.

Ótimo finalzinho de domingo!
Beijos

António Jesus Batalha disse...

Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais,mas gostaria que não se sinta constrangido a seguir, mas faça-o apenas se desejar, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
Deixo a minha benção e muita paz e saúde.

Ivan Monma disse...

Quanto tempo não passo por aqui! Conheci essa campanha através do seu blog. Muito legal a iniciativa. Vou me atualizar por aqui... Abraço

She disse...

Querida Jussara, eu estava aqui te lendo quando vc estava lá no meu blog, transmissão boa essa, hein?! :)
Concordo contigo sobre os editores, acho que a quantidade que chega de originais é tão grande numa editora que eles pecam nesse cuidado com cada autor dando dicas que só faz a gente crescer e que acaba sendo de interesse a todos. Concordo contigo. Que bom que gostou do post, me pediram lá no Face aí resolvi "ajudar", ou ao menos, dar uma luz para quem quer começar, mas se sente perdido... ;)
Você me perguntou se eu queria conversar, estou à disposição... Quanto ao seu post preciso te dizer que fiquei roxa de vontade de ler esse livro, é o estilo que eu adoro. Quanto ao BookCrossing mais uma vez não vou participar, pois tenho uma dificuldade de praticar o desapego com os meus livrinhos...
:( quero fazer com o Cabra Cega, mas nunca que coincide de ter exemplar "sobrando" para participar, que coisa isso! Mas eu acho essa ideia sensacional!
Beijo, beijooooo!
She

Renata Diniz disse...

Jussara! Eu adorei a introdução! Ainda bem que eu também posso usar as minhas pernas para correr atrás dos livros! Beijos!

Tina Bau Couto disse...

Oi!
Vim através do Blog DMULHERES e de cara vejo esse projeto tão bacana.
Eu estou aqui bolando um selinho, um texto e querendo colocar livros e a proposta para andar aqui por Salvador.
Prazer viu!
Vou "andarilhar" aqui pelo seu blog.
Um abraço literário e poe´tico \o/

Misturação - Ana Karla disse...

Ju, amei o bilhetinho.
Esse deve andar bem.
Saudades
Xeros

RUTE disse...

Olá Jussara,
ainda ando nas visitas do bookcrossing, devagar, visito uma ou duas participações saboreando.

Gostei do bilhetinho e do título "livro andante". Seria muito bom mesmo se o livro não encalhasse nas mãos de quem o achou. E porque será que ninguém dá retorno dos livros que acha? Será que noutros anos, já houve feedback?

Também prefiro libertar livros de fácil leitura e de fácil porte. Libertei um livro de bolso.
Abraço além-mar (Portugal).
Rute

Adelaide Araçai disse...

Sabe que eu queria de novo participar me enrrrrrolei e acabou que não libertei nenhum livro por aqui, Apenas o fiz via correio...acho que vale né???

Muita Luz e Paz
Abraços