quinta-feira, 22 de novembro de 2012

11 coisas que me faz feliz!



Minha janela!


A felicidade está no ar e só agora me dei conta disso! É verdade. Não me lembro, durante minha educação, que as pessoas falassem tanto em felicidade, vivia-se. Simples assim. De repente felicidade passou a ser uma meta a se alcançar, por quê? Podia aqui fazer um longo arrazoado sobre marketing, sobre futilidades, sobre propaganda, sobre como todo mundo resolveu parecer e não ser, não vou fazer!  Sou bem distraída, portanto vivi essas quase seis décadas sem pensar na felicidade como meta ou fim, nunca coloquei o meu bem estar em qualquer coisa ou expectativa futura: vou ser feliz com o carro do ano, ficarei plena de felicidade quando meu filho entrar na faculdade de medicina ou serei mais feliz com o vestido da vitrine. Fiz o que tinha de fazer, criei minhas filhas, cuidei da minha casa, tive uma carreira e no balanço geral, fui sou e serei feliz! Os outros não acham? Problemas deles! O que te falta para ser feliz? Nada.
Alice, a surfista marrenta.
A felicidade está no ar e o que mais se vê é: seja feliz com o simples. Concordo com isso, são as pequenas felicidades que no balanço geral nos traz felicidade. Um momento de grande felicidade: o sorriso da neta pelo bolo que fiz (o que é raríssimo) e rir muito com ela. Ganhei o dia, a semana e o ano. Não preciso postar no Face, não preciso tirar foto e não preciso clamar aos quatros ventos. Basta minha lembrança e a dela.
Deve ser a semana da felicidade a Lúcia escreveu um post sobre o assunto, a Sheyla fala através de um poema do Mário Quintana e toda semana a Fernanda Reali e muitos outros blogs fazem uma postagem sobre as Pequenas Felicidades, uma iniciativa do blog Botõezinhos. Gosto dessa blogagem coletiva, acho interessante como as pessoas estão se atendo às pequenas felicidades, pois é o muito que faz o todo.
A Luana há algumas semanas postou um meme sobre 11 coisas que a faz feliz, gostei disso! Principalmente sobre ser o número 11, uma escolha aleatória que não é uma dezena e nem uma dúzia. Tá, eu sei, eu me ligo em coisas meio fora da casinha. A Inaie sempre me cobra post mais pessoais, após dois anos de blog, prometi a ela que faria de vez em quando um post pessoal, estou cumprindo o prometido!

A felicidade está no ar e aí vão 11 coisas que me faz feliz!

1 – Ler um bom livro. Bom mesmo! Bem escrito, com uma trama original, que me emociona e que me leva para outros patamares de reflexão e conhecimento.

2 – Ver minhas filhas tendo vidas independentes, sendo mulheres de bem e me fazendo desnecessária. Não se assustem. Quero ser desnecessárias para elas! Só assim podemos trocar experiências, nessa altura mais aprendo que ensino e me dando liberdade. Daqui para frente só quero dar apoio, ouvi-las e ajudar, se achar necessário, em suas decisões.

3 – Andar descalça. Depois de passar anos calçada por 16/18 horas, me faz feliz poder levantar descalça. Lavar a varanda chapinhando os pés na água, enfiar o pé na areia.

Colcha da minha cama.
4 – Costurar. Adoro costurar. Minhas duas avós costuravam e minha avó paterna foi uma modelista famosa e dona de um ateliê. Aprendi algumas coisas com elas, nem sempre faço, rs... elas eram exigentes. Quando a costura não sai perfeita, peço perdão as duas!  Perdoem fui péssima aluna! Como gosto de desafios, hoje faço patchwork (para os íntimos a boa velha colcha de retalho). 

5 – Bordar. Bordar para mim é um exercício de meditação. Me concentro nas cores, no vai e vem da agulha e limpo a mente. O processo é mais importante que o fim. Meus projetos são meio insanos, toalhas de mesa com 4 metros, levo anos fazendo. Me dá prazer e me faz feliz!

Algum lugar da Bélgica
6 – Viajar.  Para qualquer lugar. Pode ser uma viagem longa ou curta. Pode durar um dia ou meses o importante é conhecer um lugar novo, conhecer gente e provar coisas diferentes.

7 – Caipirinha. Se for de limão ou maracujá então! Também cai bem de lima, melancia e abacaxi. De cachaça e açúcar, faz favor. Se vou enfiar o pé na jaca que seja com tudo que eu tenho direito. Gosto de vinho e cerveja, mas caipirinha...

Vasos com cataventos na varanda.
8 – Mexer com terra. Já tive uma horta, quando morava em casa. Atualmente me contento com meus vasos na varanda. Acho lindo plantar uma semente e ver a planta se desenvolver!

9 – Fico feliz com o sucesso de quem eu gosto.  Um sobrinho que se forma, um amigo que vira pai ou uma amiga que realizou um sonho. Sempre me lembro da felicidade que senti por uma amiga, dentro de um supermercado! Nos encontramos e ela estava agitadíssima, foi logo dizendo que finamente tinha conseguido adotar uma criança (após anos de tentativas para engravidar e depois para adotar). Fiquei tão feliz! Me emocionei até as lágrimas. Ela lembra até hoje que eu a abracei e sai dando vivas, mas esqueci de perguntar o sexo e a idade, risos

Os músicos do meu Presépio.
10 – Natal. Encontrar meus irmãos, cunhados, sobrinhos, sobrinhos-netos, primos e quem mais chegar. Planejar a festa em conjunto e às vezes não fazer nada do que foi planejado. Manter as tradições de família: fotos, guerra de bolinha de papel e dizer esse ano não tem peru. Sempre tem! Eu e minha irmã (a quase gêmea) nascemos no Natal, aliás de seis filhos, quatro são capricornianos e muitos sobrinhos e cunhados. Pensando bem até o final de janeiro tem festa quase toda semana e entre o Natal e o Dias de Reis, praticamente todos os dias! Festa, festa e mais festa.

11 – Ócio. Isso mesmo, não fazer nada. Sentar na varanda e olhar o por do sol. Balançar na rede. Olhar o caminhar do sol na parede oposta da minha janela. Apreciar a beleza de uma árvore por quanto tempo me der vontade (mesmo a vizinhança achando que estou ficando maluca!).  Não fazer nada, tem coisa melhor!

Onze coisas que me deixam feliz, mas tem muito mais! Quem sabe alguma hora eu faça, mais onze, mais onze e mais onze...


32 comentários:

✿ chica disse...

temos muitos motivos pra nos sentirmos felizes e gostei dos teus. Que se repitam sempre e te alegrem bastante! beijos,chica

Juliana disse...

caipirinha! \0/

eu tive avós bordadeiras e costureiras, mas não sei nem pregar botão.

Nadia V. disse...

Adorei! Ler, andar descalça na arei da praia e criar (escrever, dançar, desenhar, tricotar etc) estão no topo da minha lista! :)

Beijo e felicidades para todos nós sempre!

Misturação - Ana Karla disse...

Ju, gostei da parte do ócio.
Muito legal conhecer um pouquinho mais de você.
E me encantei quando disse que não precisa fotografar e publicar para os quatro cantos que está feliz. A felicidade está mesmo no ar.
É só viver.
Linda que você é.
Xeros

Cissa Branco disse...

Ju,

A busca da felicidade é um conceito contemporâneo, sem sombra de dúvidas. Me questiono e cobro muito para que essas pequenas felicidades que valorizo não se tornem o jogo do contente, da Polyanna, se é que me entende.
Curto muito as pequenas coisas com grandes significados, mas tenho medo de me perder nelas e depois perceber que tomei o rumo errado, enfim...
Como sou adepta do fazer aquilo que me dá prazer, me satisfaço também lendo, e pode ser qualquer coisa, além de andar descalça que para mim é uma coisa essencial, os pés no chão me acalmam, me fortalece, amo!
Adorei esse recorte pessoal, realmente faz falta te conhecer um pouco mais a fundo.
Beijos

Lúcia Soares disse...

Jussara, que post bom!
Além de inteligente, você é prendada! Sempre penso em você com um livro nas mãos. rs Adorei saber de você. Manda mais 11, logo!
Falo tanto de mim que se fizer essa lista, vou ser repetitiva. rs
Gosto muito docê, mulé!
Beijo!

Luana disse...

Que maravilhosa a sua lista, Ju! Eu não sei fazer trico, crochê, plantar nada... sou uma negação na cozinha... ou seja... haha... me resta juntar o seu item da caipirinha com o item do ócio.. isso eu sei fazer bem!

Beth Blue disse...

Jussara, adorei seu post! Você é que é sábia...porque a felicidade está mesmo é nas pequenas coisas do dia-a-dia e quando fico triste me obrigo a lembrar das coisas boas (como meu filho) e me sinto um pouco melhor. A vida não é perfeita nem nunca será, mas a gente tem de aprender a ser feliz com o que tem e já está ótimo.

As pessoas querem tanto que se esquecem de SER né?

Eu não sabia desta postagem coletiva e provavelmente não posso entrar mais mas escrevi um post tempos atrás das coisas que me fazem feliz. Bem ao estilo deste seu! E que moça prendada, hein? Costura, borda...fiquei aqui morrendo de inveja. Minha mãe também costurava e fazia tricô mas eu nunca dei muita bola...agora ando com vontade de aprender!

beijos transatlânticos...

Beth Blue disse...

Achei o meu post Jussara...dá uma olhada (se é que ainda não tinha lido):

http://bethblue.blogspot.nl/2012/05/10-coisas-simples-que-me-fazem-feliz.html

Pandora disse...

Tem um hino antigão da minha igreja que diz: "Felicidade todo mundo quer, mas no mercado não tem pra vender..." e eu acho isso bem verdade e claro adorei o post, acho que ler coisas assim me faz feliz!!!

Cheros...

Anny disse...

Jussara:
Um texto perfeito. Sabe quando você lê um livro, que é como se fosse seu?
Pois é. Vale para post também. Dizem que só gostamos do que se parece com a gente...
Bom final de semana!
Abs.
Anny

Regina Rozenbaum disse...

Pequenas preciosidades de seu viver...Baum dimaisss conhecê-las assim Ju!
Beijuuss

Clara disse...

Tbm gosto de BC.
Participo de algumas, inclusive da Fernanda Reali, que me deu um outro rumo na vida.
Gosto de conhecer as pessoas assim,através das postagens.
Já fiz algumas, agora estou dando um tempo. Quem sabe depois eu volte a fazer.

Beijos

Sheyla - DMulheres disse...

Jussara,

Não sabia desse seu lado costureira nem bordadeira rsrsr, legal!! Eita, mas juntar a família é bom demais - é felicidade suprema. E a gente nem gosta, né?

Bjoss, adorei saber sobre vc!

Thomaz Ribeiro disse...

Tem uma letra do Engenheiros do Hawaii que diz que o invisível nos salta aos olhos. Ser feliz deve ser difícil porque, no fim das contas, é muito fácil.

Beth/Lilás disse...

Jussara você é o máximo! Acho-a uma pessoa descomplicada, lógica e prática.
Tem toda razão, no mundo atual as pessoas se preocupam muito com esta tal felicidade, mas se pararem para listar como você fez, vão ver que tem muito mais e elas existem mesmo.
Sou um cadinho como você, gosto de muita coisa e pra dizer a verdade, sou feliz com coisas simples, talvez a mais cara seja "viagens", mas também pode ser aqui perto ou bem longe, tudo me faz feliz.
Engraçado que você não tem cara de mulher que costura e borda, nunca poderia imaginar isso. hehe
Adorei!
beijos cariocas


Christine disse...

Amei Ju!
E para mim felicidade é algo tão sutil, que se ficarmos procurando muito a gente se distrai e não percebe ela ali, cutucando nosso ombro. Mais uma das coisas que a China fez na minha vida: aprender que podemos ser felizes várias vezes num mesmo dia, meses seguidos até. Mesmo num momento de tristeza, naqueles dias que queremos sumir, receber um carinho, um sorriso de um amigo, um filho... ah, não tem felicidade mais plena, saber que somos amados, que temos apoio. Ir no shopping de mãos dadas com o seu amor tomar um café sábado à tarde era meu momento mais pleno de felicidade durante os 4 anos que o Mário morou sozinho na China... E assim vai. acho qeu as pessoas se preocupam muito com a foto da 'familia da propaganda da margarina' e se esquecem de ser feliz tentando mostrar que são plenamente felizes 24hs por dia, 7 dias na semana!
Mas voltando a sua lista... Já sabe que para ampliar o item 6, tem uma 'pousada' aqui na China...rs
Beijo

Cris Mussi disse...

Cumadre, seu post foi um sucesso.... Os comentários provam que todos sabem que ser feliz é viver a vida como ela é, mas as vezes complicam..
Em relação á sua lista, o que eu tenho a dizer é que essa é a minha cumadre... A que eu conheço e amo...
E aposto que você nao vai fazer outra lista de mais onze, porque senão ia começar a complicar a felicidade.... Kkkk
Mil beijos felizes....

Carlos Medeiros disse...

Uma das coisas que me chamou a atenção foi o ócio, muito bom após muitos momentos de intensa atividade.

O ócio, que soa inútil, fútil, na verdade é necessário, recupera nossas energias.

Teresinha Ferreira disse...

Olá Jussara!
Simplesmente adorei! Te acho super descolada, sabia?
A felicidade tem que ser curtida todos os dias e não ser tão planejada.
Quer dizer que você adora costurar, bordar e fazer patchwork? Fiquei surpresa com isso, pois nunca imaginei que você gostasse desses trabalhos artesanais. Muito bacana te conhecer um pouco mais com esses onze itens e vou esperar os outros onze.rs..
Tudo de bom.
Beijos mil

Juliana Galante Magalhães disse...

Eu me lembro sempre daquela conversa naquele café e você me dizendo, talvez a coisa mais importante que eu tenha ouvido naquele momento: "eu sempre acho legal uma aventura que alguém queira e viver, e está tudo bem, você não tem que corresponder com o significado de felicidade de ninguém, se é isso que tem de fazer, faça" ( se a frase não foi exatamente essa, o sentido era exatamente esse, e você foi a primeira pessoa a me deixar livre pra viver a dor que eu sentia naquele momento, sendo feliz somente dentro daquilo que eu podia ser).
Já falei obrigada por tudo aquilo?
Beijo enorme

Calu disse...

Ju,
que post delicioso(rs), isso mesmo, pra mim ele deu mais sabor ao meu dia e reforçou muitas das minhas crenças e ações.
Na tua lista, só não marquei o ítem nº4,os demais estão todos ticados e o de n°2, duas vezes.
È isto que penso: a felicidade é simples e até o ato de respirarmos a confirma, que dirá todo as demais dádivas que recebemos.Eu sou feliz, feliz!
Adorei!Vc é precisa nas mensagens.
Bjkas e boa semana.
Calu

Luís Paz disse...

Finalmente algo com que concordo muito. Ser feliz deixou de ser algo natural e consequente, e tornou-se uma busca incessante e obsessiva. Parece que ergueu-se tantas barreiras, e a felicidade acabou distanciando-se da realidade.
A propósito, gostei da lista, que tem suas singelezas, que é do que se trata ser feliz ^^

ja te sigo


Aguardo uma nova visita e um comentário =D
diademegalomania.blogspot.com

Valeeu

Evanir disse...

Boa Noite.
Sua sua postagem esta maravilhosa ,pois acredito que a felicidade muitas vezes não esta na louca busca e sim nos momentos de cada Dia de nossas vida.
Beijos no coração,Evanir.

Maria Luiza disse...

Idem, idem, idem!!! Sou feliz! Prazer! Um grande abraço e um beijão! Fique bem e com Deus!

Rodrigo Almeida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo Almeida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adelaide Araçai disse...

Jussara, eu tenho uma amiga psicóloga, que diz que eu sou Feliz convicta.....
Sou assim feliz, tenho momento de extrema tristeza, tipo quando alguem se vai para sempre...choro por dias intermináveis, mas ainda assim sou feliz...consigo reconhecer as coisas boas que tem acontecendo constantemente...para mim felicidade não é conceito que se vende, felicidade é saber olhar a vida e reconhecer as maravilhas que existem nas coisas básicas....
- tomar uma caipirinha - ótimo - se for com pessoas legais e um bom papo é melhor - agora se estas duas coisas acontecerem com uma paisagem linda é melhor ainda...

Adorei conhecer um pouco mais de você e saber que sim temos algumas coisas em comum...rsrs

Muita Luz e Paz
Abraços

Inaie disse...

adorei o post! adoro ouvir vc falar de vc mesma...

SEMPRE!

Li esse post no meu telefone, e prá nao correr o risco de parecer completamente analfabeta ( é IMPOSSIVEL teclar direito nele), esperei por as maos no meu computador tradicional, e paracer só levemente analfabeta!

Daniel Brazil disse...

Vir aqui no Palavras Vagabundas sempre faz bem pra alma. Delícia!

She disse...

Mas que post bom, muito bom! Mas o que eu amei mesmo foi o começo dele, felicidade se sente. Amei isso! ;)
Beijo, beijo
She

Cris Medeiros disse...

Eu costumo dizer que existem pessoas com vocação para felicidade e outras para a infelicidade. Acho que o exemplo mais próximo de vocação para felicidade que conheço é o zelador do meu prédio, que também é meu faxineiro. A pessoa estão sempre sorrindo, gargalhando mesmo de tudo, pode ser segunda ou sexta, não importa o dia o bom humor dele é contagiante. É uma pessoa que gosto muito, me faz bem. Um dia desses perguntei a ele se sentia feliz e ele me respondeu com um "claro que sim", imediatamente... rs.

Gostei de ler sua lista das 11 coisas. Coisas que talvez sejam pequena, ou sem importância para os outros, mas que entendi perfeitamente porque te deixam tão feliz.

Beijocas