domingo, 8 de abril de 2012

Eu mais triste


Na blogosfera a gente faz amigos que talvez nunca nos conheçamos pessoalmente, mas alguns a gente acaba conhecendo e descobrindo que poderíamos ter sido amigos da vida inteira. Foi assim que aconteceu com a Glória Leão, do blog Café com Bolo quando nos conhecemos, fui ao lançamento de seu livro Na esquina do tempo, nº 50, nos encontramos novamente em uma linda tarde de sábado no Museu de Arte Contemporânea, em Niterói, resenhei seu livro e esperava sinceramente resenhar muitos outros. Ao fazer um ano de blog, onde recebi comentários seus inesquecíveis, ela foi uma das primeiras a se apresentar e me presenteou com suas lembranças de tantos livros. Infelizmente ela partiu, levando suas ideias algumas bem polêmicas e seus projetos para muitos mais escritos e nos deixando mais pobres e mais tristes.
Glorinha me despeço de você, mas não de seus escritos, há pessoas que não morrem ficam encantadas, certamente você é uma delas.
Adeus

22 comentários:

Lúcia Soares disse...

Jussara, Glorinha foi uma grande perda. Imagina se para mim, que não a conheci pessoalmente, é de uma tristeza sem fim sua perda, o que não é para vocês que a conheceram! E a família, que ela amava tanto!
Deus abençoe os filhos e o marido.
Glorinha tinha muito a dizer ainda, era boa com as palavras, firme, contestadora, de opinião, com suavidade, com força, com otimismo, com desilusão. Todas as emoções passavam por ela num mesmo dia e na mesma hora que postava algo com braveza, vinha outro texto cheio de doçura.
Tomara que tenha deixado seu livro pronto ou que a família recolha textos preciosos do blog e os transforme em livro. Sua voz se calou, mas seus escritos permanecerão.
Bom domingo de Páscoa.

Inaie disse...

Eu me arrepiei dos pes a cabeca lendo esse post.
Que bom que voce teve a oportunidade de conhece-la.

Um carinho pra voce

Turquezza disse...

Por uns tempos segui o Blog da Glorinha.
Mulher interessante e inteligente.
Uma pena mesmo ela ir tão cedo.
Fica a obra linda, para sempre lembrarmos dela.
Paz e luz.
Beijos.

She disse...

Ahhhhhhh só faço me emocionar com a partida da Glorinha, desde quinta-feira não penso em outra coisa, muito triste, muito... Lindo o q vc disse Jussara! Ainda bem que pudemos abraçá-la pessoalmente, ainda bem que pude contar com ela nas Desvirtualizações Cariocas que organizei junto com as meninas, ainda bem... Glorinha é inesquecível!
Beijo, beijo! :(
She

pensandoemfamilia disse...

Oi Jussara estivemos juntas e conhecemos a glorinha e seu desejo de por em livros suas idéias. Ficamos com algumas lembranças no seu livro lançado e de fotos com seu belo sorriso. Que descanse em Paz.
Lamento a perda.
bjs

Luciana Nepomuceno disse...

Querida,meu abraço mais carinhoso. Ando silenciosa, mas ando aqui. Sinto pela sua perda. Sei bem como se pode querer bem a quem se conhece via letrinhas.

Misturação - Ana Karla disse...

Glorinha será eterna.
Jussara muitos estão fazendo suas homenagens com todo carinho a ela.
Eu, infelizmente não tive essa oportunidade de conhecê-la pessoalmente, mas sinceramente, sinto muito mesmo.
Xeros

Lis S. disse...

Eu não a conhecia, mas mesmo assim lamento a perda. Pessoas boas que se vão deste mundo sempre fazem falta. Minha avó tb se foi na última sexta. Faz parte da vida.

Abraços!

Rogério Pereira disse...

Não conhecia
Solidarizo-me consigo nessa perda

Há pessoas que não morrem...

Lufe disse...

Jussara,

Uma bela e merecida homenagem á Glorinha....Ela continuará viva na memoria daqueles que com ela de alguma forma conviveram.

bjo procê

Juliana disse...

Sinto muitíssimo.

A. Marcos disse...

E ela parecia ser relativamente jovem.
Bjs. solidários.

Macá disse...

Ju
Quem podia imaginar que aqueles dias tão gostosos que passamos juntas no Rio, tão tivessem replay?
Foi tudo muito rápido.
A lição? Vamos aproveitar bem a vida.
Mas embora muito triste, fico feliz por tê-la conhecido e ter muita coisa bonita no blog dela para ler.
um beijo

Carlos Medeiros disse...

O que houve? Triste mesmo perder alguém, amigos...

Cissa Branco disse...

Ju,

Lembro da Glória daqui do seu blog e fiquei triste quando soube o que ocorreu. Que Deus a guie e que ampare sua família.
Beijos amiga

Luma Rosa disse...

Antes a saudade era suportável porque imaginavamos que Glorinha retornaria. Agora a saudade ficou insuportável!

Acho que ela não queria que ninguém ficasse triste...

Jussara, sei que anda bastante ocupada, mas vim lhe fazer um convite: você já participou de edições anteriores do BookCrossing Blogueiro e como simpatizante que é, venho lhe chamar para se juntar mais uma vez a essa empreitada!

Vamos libertar os livros da clausura das estantes escuras? :)

Este ano, o prazo de postagem foi aumentado para uma semana para que todos possam participar com calma!

Dá uma olhadinha lá no "Luz" e veja se anima!!

Beijus,

Sandra Portugal disse...

Bela homenagem!
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Christine disse...

Oi Ju, nao conhecia sua amiga mas me emocionei com suas palavras. De todo o jeito tenho certeza que foi para um lugar melhor. Nos é que sofremos pela perda. Ela esta em paz e no merecido descanso. Nao morrera jamais. Beijo.

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Jussara
Foi muito bom tê-la conhecido e no segundo encontro vc estava lá... foi uma despedida dela pra mim...
Um dia nos reencontraremos!!!
Bjm de pesar e paz

Beth/Lilás disse...

Querida Jussara!
Glorinha nos deixou, cedo demais é verdade, mas deixou seus escritos, palavras que se perpetuarão pela eternidade e a saudade em nossos corações.
Estou me recuperando da quebra desta amizade tão abruptamente, mas não quero perder os grandes amigos que fiz aqui na blogosfera, como você, claro.
um super beijo, carioca

Lu C. disse...

Oi Jussara, eu tive pouco contato co Glorinha. Sabia de seu livro, e do lançamento por um amigo em comum.
A gente só lamenta quando uma alma dessas se vai, justamente porque seu intuito era sempre fazer o bem. E a literatura era seu caminho.

Prazer em conhecer-te, você é uma historiadora, leitora voraz e uma psquisadora incansável pelo visto.rs

Incrível sua resenha sobre O Tempo e o Vento. Nâo li o livro, mas assisti a saga pela Globo.

Veríssimo encanta e nos faz cativos de suas palavras.
grande abraço!

LU C.

Adelaide Araçai disse...

Neste ano sinto que estamos nos despedindo de pessoas geniais.... Imagino que o criador esteja precisando deles para que tenhamos mentores mais sábios a nos ajudar.

Muita Luz e Paz
Abraços