terça-feira, 22 de novembro de 2011

Em casa

 

Voltei. Viajar é muito bom, a gente volta com a bagagem cheia, não de compras, de conhecimento, cultura e lembranças. De compras mesmo a bagagem veio vazia, apenas as lembrancinhas de sempre, duas razões: não gosto de fazer compras nem aqui, imagine se eu ia ficar presa dentro de uma loja em Paris ou Londres e compra em euros é para os afortunados, mas vi muuuita vitrine...

Paris
É linda no outono, no inverno, na primavera e no verão, em qualquer dia. Gostei dos franceses e descobri que meu francês escolar de tantos anos atrás até que dá pro gasto, dizem que eles são grossos, bem não vi isso não, só encontrei franceses gentis que se esforçaram para me entender e sempre foram solícitos, acho que os grossos estavam em greve, rs... É uma cidade multi cultural, muitos africanos e árabes, você não dá um passo sem encontrar um mulçumano, todos moradores da cidade. Já entre os turistas nunca vi tanto chinês, poucos japoneses e uma enxurrada de latinos americanos, falei mais portunhol nessa viagem que em qualquer época da minha vida. Muitos brasileiros de todo canto do país, encontrei brasileiro até no supermercado. É isso aí, entrei nos supermercados ou mercadinhos de todas as cidades que conheci, curiosidade é o nome disso.

Conhecer uma cidade, além dos pontos turísticos obrigatórios é ver a vida passar, a foto é de um domingo de manhã apreciando o outono no Jardim das Tuileries.  Vocês podem ver cada cantinho de Paris fotografado na internet, por isso optei em mostrar as duas abaixo, encontrei esse endereço durante um passeio na Champs Élysées.

Optei por atravessar o Canal da Mancha por navio, aproveitei e conheci Calais e Dover, além de um pouquinho do interior dos países, fui a
Londres
Londres tem o Big Ben, tem a Rainha e é a pátria dos Beatles, mas não me seduziu. Primeiro achei os ingleses empafiados, segundo não fazem questão nenhuma de te entender. Como tivemos (eu e minha irmã) alguns aborrecimentos e tivemos que interagir diretamente com eles, não fizeram qualquer esforço para nos entender e ajudar, apesar da propaganda dizer que seríamos atendidas em qualquer lugar do planeta, foi preciso um telefonema para o Brasil para que eles se dispusessem a cumprir o contrato, não gostei e perdi uma tarde. O engraçado que meu inglês – que dá para o gasto – foi entendido na Holanda e na Alemanha.

Chegamos às vésperas do Dia do Armistício, 11/11, data que se comemora o fim da primeira Grande Guerra na Europa.  Londres estava se preparado para comemorá-lo e foi justamente isso o que mais me chamou a atenção. Na Abadia de Westminster encontramos os jardins cobertos de cruzes, cada cruz um nome, cada divisão, uma tropa. Esse dia é comemorado em vários países da Europa e o símbolo é uma papoula vermelha, essas papoulas de papel são vistos em todas as lapelas, sejam jovens, velhos, veteranos, homens e mulheres. Em todo monumento que lembre batalhas ou comemore vitória, lá estavam as papoulas.

O monumento acima é para lembrar todos os animais mortos em guerra, achei emocionante, eles não fazem guerra, mas morrem nela pela estupidez humana. Não que alguns humanos não sejam a favor da paz e não deixem bem claro sua opinião.

Protesto em frente a Abadia de Westminster
Enfim... de volta para o continente.
Bélgica
Um país inesperado gostei muito, apesar de ter conhecido só uma pequena parte dele. Fomos por terra e a primeira parada foi
Brugge

Uma cidade medieval com canais e história em cada muro. O dia estava lindo e as rendas me deixaram literalmente louca. Taí um lugar que se eu voltar com dinheiro minha casa vira um entreposto de renda belga, rs Existe uma parte moderna na cidade e uma das praças abriga uma grande fonte onde mora a sereia abaixo.

Gent

Uma cidade maior, com uma grande praça e uma belíssima igreja gótica, a Catedral de Saint-Bavon, reparem a altura e os vitrais. É uma cidade para se apreciar a pé com prédios medievais, todos preservados.

Aqui encontramos várias lojas de Gobelins, acho bonitos, mas não quis trazer nenhum para casa, rs... uma delas é esta.

Bruxelas
Gostei da cidade moderna e antiga ao mesmo tempo.  Graças!  Voltei a ser entendida ou contei com a simpatia belga. Lá encontrei dois velhos amigos numa praça.

Dom Quixote e Sancho Pança
A cidade tem como símbolo um molequinho que faz xixi – Manneken Pis, apesar de pelado contam que ele tem um guarda-roupa com mais de quinhentas peças, o dia da visita 11/11/2011, como vocês podem ver e também encontramos a cidade inundada de papoulas vermelhas.

Aqui é o paraíso dos chocólatras, certamente comi os melhores chocolates amargos da minha vida, abaixo eu e minha irmã em frente ao ápice do paraíso.
Saímos dessa tentação toda direto para a
Holanda

Passamos por Rotterdam, foi uma parada técnica, para almoçarmos, uma cidade bem moderna, pelo que vimos. A parada foi em frente à Prefeitura e vimos uns quatro casamentos um até com direito a limusine. O mais interessante foi o caminho até aqui, os campos são tão planos que parecem um tapete quadriculado!
Haia
Casa de Maurício de Nassau
Uma cidade muito bonita, mas o que mais gostei foi conhecer a casa de Mauricio de Nassau. Minha família paterna é inteiramente do nordeste e com certeza temos algum antepassado holandês, meu avó era bem claro inclusive o cabelo, se destacando na morenice da família. Chegamos num fim de tarde, gelado, por lá nessa época escurece por volta das 17hs, encontramos a casa já fechada para visitação, fica para uma próxima vez.
Amsterdam

A cidade que eu amei! Se, algum dia, alguém quiser me deixar feliz me convide para voltar lá. Uma cidade diferente, acolhedora, cheia de história, cheia de bicicleta e cheia de canais.

Bicicleta é o meio de transporte por excelência do holandês que mora aqui, em todo canto tem bicicletas, pequenas, grandes, com carrinhos em que se acomodam compras e às vezes o móises do bebê, juro eu vi! Uma grande lição de cidadania e uma cidade menos poluída. Vejam se não amei!

Alemanha

Atrás da imagem acima tem uma belíssima paisagem germânica, rs Frio, muito frio! Primeira parada
Colônia

Aqui está a maior catedral gótica já construída, dedicada aos Reis Magos. Colônia foi arrasada durante a Segunda Grande Guerra, uma das poucas coisas poupadas foi essa imensa e imponente catedral, há fotos espalhadas pelo seu entorno, onde podemos vê-la reinando entre o caos. Impressiona, chegamos em um domingo na hora da missa, pudemos entrar e aprecia-la, mas nada de foto. Alguns turistas, orientais na maioria, não respeitaram o pedido feito em todas as línguas espalhados em cartazes pela igreja, humanos... Aqui fiz a compra que me lembrou a minha avó materna comprei um vidro da verdadeira água de Colônia a 4711, com seu tradicional rótulo azul.
Rio Reno

Fizemos um passeio de barco pelo rio Reno. Só para contar, fiz passeios de barco no Rio Sena, no Rio Tamisa e pelos canais de Amsterdam só podia terminar no Reno. Passeio belíssimo, apesar do dia não tão bonito, olha eu empacotada, isso por que já tinha tirado uma echarpe de lã, rs

Como é outono, algo que verdadeiramente não conhecemos, me encantei com as cores da qual a natureza se veste, ao longo do caminho na Alemanha, pelo Reno e em toda viagem, fiz uma montanha de fotos de natureza, rs

Você vai de barco, que é bem quentinho, tomando um vinho e apreciando as pequenas vilas e cidades e principalmente os castelos. Tem para todo gosto velhíssimo, velho e maduro, ou seja do século VI ao século XVIII, abaixo um dos que mais gostei.

Passamos rapidamente por Frankfurt, um dia e meio. É uma cidade moderna, com prédios arrojados e é um centro financeiro dos mais importantes da Europa. Fim da viagem, muito cansaço mas acabei numa grande loja comprando enfeites de Natal, os mais belos que já vi. Queria comprar tudo, mas acabei comprando um Advento, agora só falta comprar as velinhas!
Viajar é muito bom, voltar para casa também é! Estou matando as saudades, da família, da neta e de arroz,feijão e farofa.
Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende. Leonardo da Vinci




39 comentários:

Ivan disse...

Aí sim heim! A viagem realmente deve ter sido sensacional! Desbravou boa parte da Europa, as fotos ficaram demais... Bom, agora desejo-lhe bom descanso, abraços!

O Guri disse...

Uau, nossa um roteiro e tanto. Bastante informação né? Haja fôlego, espero poder conhecer esses países um dia. Que bom que você voltou, fez falta, viu?

http://umgurientregurias.blogspot.com/

Pandora disse...

Que coisa mais deliciosa!!!! Está nos lugares sobre os quais costumamos ler nos nossos livros deve ser maravilhoso!!! Um sonhoooo... Adoro viajar, por hora estou descobrindo o Brasil, mas sim, a Europa que me aguarde!

Jussara passear com vc pelo velho (não tão velho assim) continente foi um passeio a parte, seu olhar é assim, muitoooo melhor que qualquer guia de viagem...

Lufe disse...

Olá viajante, é bom te-la de volta.
E eu achando que você ia só à Paris. Que beleza de viagem. Que bom que aproveitou bastante. Espero que nos conte depois, com mais calma, detalhes da viagem. Estas cidades e povos vistos por seus olhos.Seria um presente para nos.

bjos de boas vindas pra você

Bia Jubiart disse...

Ai que delícia de viagem Jussara!

Só Paris hemmmmmm?

Amei as paisagens da Holanda, temos parente que mora lá há 7 anos, se casou com uma holandesa (estarão este fim de ano conosco), que virou meia brasileira, a gente sempre compartilha as viagens com eles e eles conosco, a Europa é linda e uma cultura também muito rica.

Quanto a recepção de alguns europeus mal humorados, deve ser em função da crise econômica, já pensou depender no futuro de ajuda de ex colonias? (Que maldade Bia!).

Seja bem vinda Bella, com tempo passa na Jubiart, temos sorteio de mimos...

Beijooooooo

Celia na Italia disse...

Ju
Que viagem incrível!
Que saudade de reviver alguns destes lugares, mas com vc isto foi possível, obrigado mesmo!
Bom te-la de volta cheia de novidades e fotos incríveis!
Um super abraço

Luana disse...

Ai Ju, passou pela Belgica e nem me avisou? Teria encontrado voces em Brugge, ou Ghent... Eu moro relativamente perto! =)

Tambem estive na alemanha semana passada, em Frankfurt e Heidelberg, provavelmente proximo da data que voces estavam la... Tava friooooooo!!!

Olha, nesses quase 5 anos morando na Zoropa do norte eu tive varias experiencias ruins na Franca - na verdade em Paris - com gente grosseira e muitos pedintes... E em Londres eu so fui bem tratada.... Curiioso como esse tipo de experiencia muda de pessoa pra pessoa, ne?

Lindas as suas fotos!!! E que bom que veio pra esses lados...

beijocas

Beth Blue disse...

Jussara, que ótimo roteiro você e sua irmā fizeram, e que bom que gostou da minha cidade, Amsterdã! Se vier aqui de novo um dia, adoraria conhecê-la.

Quanto à casa de Maurício de Nassau, Mauritshuis aqui para nós, ela é um dos melhores museus da Holanda! E embora pequeno, abriga uma coleção excelente de pinturas holandesas, entre elas a belíssima Moça do Brinco de Pérola, de Vermeer! Já fui algumas vezes e sempre curto a visita. Meu namorado mora em Haia (50min de trem saindo de Amsterdã) então posso dizer que é a minha segunda cidade na Holanda!

Misturação - Ana Karla disse...

Ju, estava com muitas saudades de você.
Acredite.
estive aqui várias vezes para ver se tinha post novo.
Mas que viagem espetacular, viu?!!!
Você contou da sua viagem e me fez viajar junto.
Quem sabe um dia vou ver de perto se é verdade tudo isso. kkkkk(brincadeira).
Muitos 10's para a viagem.
E um xero grande!

BSvox disse...

Muito legal o relato da sua viagem ... a Europa tem muita coisa com legal, mas nada como o feijão com arroz ...

M. disse...

Se te confessar alguma inveja...Sei que não levas a mal:)

Luciana Nepomuceno disse...

Que bom que você foi, tanta beleza trouxe. E que bom, que você voltou, tanta saudade eu tava sentindo....

Beth/Lilás disse...

Voltou, que bom!
Jussara, que viagem linda, cheia de contrastes em cada país que visitou, a única coisa que a acompanhou mesmo foi o friozinho de outono que já é sentido em toda a Europa, especialmente na Alemanha gelada.
Vejo que nestes poucos dias você aproveitou bastante e que delícia guardar tantas imagens lindas no coração.
Adorei seu resumo e vê-la feliz.
um super abraço carioca

Jacqueline Braga disse...

Que oportunidade maravilhosa, essa de conhecer outros países, outras culturas, outros ares...que bom que o regresso vou tranquilo!!!
Bjos

Jack
www.mybooklit.blogspot.com

mirtes disse...

Nossa, que sonho essa sua viagem!
Se fosse eu não ia querer voltar pra casa nunca mais! (se bem que a saudade de arroz e feijão deve ser grande mesmo! hehe)
A Europa é tão cheia de história que deve parecer que estamos dentro de um livro!

Bjs

Fê Iasi disse...

Menina, adorei o post! "Viajei" junto!

José Luiz Foureaux de Souza Júnior disse...

Ah... Paris! Que saudade. As outras cidades (ainda) não conheço. Pelas fotos, você se divertiu bastante. Evoé!!!
beijinho
;-)

Regina Rozenbaum disse...

UAU Ju, que viagem ma-ra-vi-lho-sa! Sua irmã é parecidíssima com vc, hein? Cara de uma focinho da outra, como dizemos por aqui.Bem-vinda de volta!!!
Beijuuss n.a.

Juliana disse...

que de- lí-cia!

Karine disse...

Oi, Jussara! Que prazer a sua visita no meu blog porque, assim, venho aqui conhecer o seu!

E estou de acordo contigo: Holanda é divina. Visitei Amsterdam e me senti nas nuvens nao só pelas pessoas mas pelo belíssimo lugar.
Agora, se você quer conhecer gente grossa DE VERDADE venha à Espanha. A grosseria é algo deles, já é cultural. É normal você tomar um fora do nada!!! Já me acostumei!!! hehehehe

Beijos e passo a te seguir.

Celina Dutra disse...

Jussara,

Bom vê-la! e carregada de presentes para nós, fotos lindas, relatos deliciosos e possibilidade de muita recordação e saudade! De quebra aproveitou a estação que mais amo: outono! Quanta gostosura e riqueza!
Girassóis nos seus dias! Beijos!

Gisley Scott disse...

Viajar realmente é tudo de bom! Fiquei perplexa com a grosseria inglesa. Eles sempre me pareceram um pouco metidos.

Tenho vontade de ir à Europa.Paris com ctz está na minha lista.

Bjos!

Gisley Scott
www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

Lis S. disse...

Oi Jussara, td bem?
Olha, viajei um pouco durante o post, qta coisa linda! Eu morro de vontade de sair do Brasil e viajar, viajar, viajar...
Acredito que foi uma experiência incrível.
Amei a citação do final, muito linda.
Um grande beijo!

Glória Maria Vieira disse...

Juuuuuuuh!
Que bom tê-la de volta por aqui. E que delícia de viagem, né?! :D

Edlena Franklin disse...

Que maravilha, Jussara! Paisagens encantadoras, experiências únicas no velho mundo... Fiquei doida pra curtir esse frio(com um bom vinho, claro), ver as folhas outonais e comer chocolates GODIVA! Meu dia chegará, rsrsrs. Enquanto isso, pego carona nas tuas imagens e sonho...
Beijos

Sheyla Xavier - DMulheres disse...

Primaaaaa
Que viagem linda e bem aproveitada!!Adorei as paisagens!!E amei a foto das irmãs chocólatras.
Cheiro grande!

Cinderela Descaída disse...

Lindas fotos, maravilhosa viagem.
Sabe, tinha um livro de lendas antigas (mentira. O livro é do meu pai) e havia uma lenda sobre as rendas de Bruges...vou procurar para te contar.
Beijo,

Renata C., UMA EXPATRIADA (esposa, mae, mulher...) disse...

Ai, que delicia, querida amiga! mesmo! Adorei! Mil bjs!

Tathiana disse...

Adorei a narrativa da viagem com direito a fotos.
Um dia faço uma viagem assim...
Beijos.

A. Marcos disse...

Viajar é de longe a melhor atividade que eu conheço.

Energizante, revigorante, aculturador. Mas bem vinda ao lar. Estava com saudades de suas palavras.

Cissa Branco disse...

Ju,

Que delícia!!! Viajei agora com vc, adorei tudo, e me senti te acompanhando. Trocava o arroz, feijão e farofa por chocolates, sem pensar duas vezes, rs.
Você a confusão em que me meti? Mas não faremos nada muito arrojado, será no "vamos como se pode", rs.
Beijos

Macá disse...

Ju
Maravilha de post. Dei uma "viajada" com você.
Mas é o seguinte: Projetos de Ano Novo = voltar para Paris, em qualquer época do ano e até com chuva (Paris com chuva é linda), ir no horário certo para conhecer a casa de Maurício de Nassau, e passar pelo menos uma semana em Amsterdan. Topa?
beijos

Adelaide Araçai disse...

Jussara, foi eu me ausentar um pouco que vc aproveitou e viajou??? Amei esse seu passeio, me fez viajar junto. Pelos seus casacos vejo que o outono de lá é mais do que o inverno daqui...rsrs O interessante é que a gente sempre tem as informações mais nunca inagina o quanto é senti-lo na pele. Amei suas fotos. Sabe eu sempre acho que Paris sente muita saudade de mim....mas na hora H sempre arranjo um outro lugar para ir...kkk

Muita Luz e Paz
Abraços

Mônica disse...

Ju, sem querer ser egoista, mas ainda bem que você já voltou. Fez muita falta por aqui.
Eu também gosto de viajar e sei como faz bem a alma uns dias assim. Pelo seu post foi uma viagem maravilhosa e você aproveitou bastante.Eu sei bem como é doida esta saudade de arroz, feijão e farofa, kkk
Bjusssssssssss

Lúcia Soares disse...

Jussara, uma viagem por prazer, por gosto, sem deslumbres, apenas apreciar o que de melhor há em cada país. Você contou pouquinho, mas mostrou fotos lindas. Espero que conte mais.
Imagino suas lembranças, vendo lugares que foram palco de tantos livros que leu, ou tantos filmes que assistiu.
Bem vinda de volta ao nosso mágico Brasil.

Inaie disse...

ai que delicia de viagem... e que roteiro barbaro.
Que bom que voce curtiu, minha amiga querida.

Tambem gostaria que vc escrevesse mais, muito mais sobre todas as suas aventuras de viagem.

Milhoes de beijos

HugoBrasil disse...

10.

Uma explanação de um grande passeio.

A placa do Santos Dumont nos aproxima como irmãos e como brasileiros.

Gostei muito.

Beijo grandão.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Jussara, posso ser pidão? conta mais dessa sua viagem, que relato delicioso de ler. A gente vai lendo e imaginando sua estadia nos países...e parece que tava lá com vc.

adoro esse seu jeito de "conversar" com a gente. conta mais, conta mais!!! rs

bjs

海子 Okasan disse...

Boa tarde Jussara :)

Graças ao Alexandre, encontro-me aqui a lê-la!
Estou muito feliz ao ler o que pensa sobre Paris :)
Fala-se muito mal dos franceses, dizendo-se que eles são indiferentes e que não sabem acolher.
Por vezes, é um problema de língua que complica as coisas...Mas você exprimiu-se em francês e eu acho que qualquer estrangeiro, em qualquer país que seja, a partir do momento que ele faz um esforço para se exprimir um pouco na língua local, muda tudo!
Paris é uma cidade muito bela.
Há sítios,que nos fazem mesmo esquecer que estamos numa grande cidade! J'adore Paris! Merci d'être venue!
Feliz Natal para si ♪♫♥♪♫